Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Auto Estima Baixa: 10 Super Dicas de Como Aumentar A Sua Auto Estima [ Nova Série ] Ep 7

Auto Estima Baixa: 10 Super Dicas de Como Aumentar A Sua Auto Estima [ Nova Série ] Ep 7
5 (100%) 1 vote

Auto estima baixa as melhores dicas para aumentá-la.

No post anterior eu estava falando sobre o amor próprio e algumas dicas para praticar o amor próprio diariamente.

Como consequência dessa prática, descobrimos que a sua auto estima baixa aumentaria consideravelmente.

E já que decidimos falar sobre a auto estima, eu resolvi separar esse post, para falar exclusivamente sobre como melhorar a auto estima.

Falando sobre mais de X dicas para você colocar em prática ainda hoje.

Auto Estima Baixa

auto estima baixa

Muitas pessoas carregam consigo um padrão de vida, um mode de pensar, ou um estilo de vida, que  pode influenciar diretamente a sua auto estima.

Nesse post eu vou falar sobre esses padrões de pensamentos, e como evitá-los.

Assim como existem pessoas que passam por uma série relacionamentos complicados, que acabam influenciando diretamente a sua auto estima.

Hoje você irá entender que é possível sim melhorar a auto estima, aprendendo a ser amar mais.

E com um pouco de esforço diário, você conseguirá alcançar esse objetivo.

Então para que você não perca tempo com besteiras, vamos direto ao que interessa.

Dica 1: Dê um Tempo Para si

com aumentar auto estima baixa

Se existe algo em comum com as pessoas que possuem a auto estima baixa, é fato de se cobrar demais.

Se você é dura consigo mesma, ou então sente que não será capaz de superar as suas expectativas.

Procure se perguntar e entender por qual motivo, você se cobra tanto, e porque mantém os padrões tão elevados de cobrança.

Pergunte-se: quem você realmente está querendo agradar, se é a si mesma ou se é ao mundo externo.

Procure ser o mais sincera possível consigo mesma com as respostas, e você será capaz de lembrar até mesmo de críticas que ouviu no passado.

E provavelmente não foi nada agradável ouvir essas críticas, e talvez, por esse motivo, você anda se cobrando demais, até porque, não deseja mais ouvir essas criticas e até mesmo, calar a boca de quem um dia te criticou.

A partir disso é necessário perceber, que a única pessoa que realmente importa, e que você precisa agradar, é você.

E caso você for muito dura consigo mesma, ficar a todo instante se culpando e se criticando.

Não reservar um tempo para descansar ou até mesmo comemorar as pequenas conquistas.

Automaticamente você não se sentirá satisfeita com as suas ações, e se sentirá uma pessoa inútil.

Dessa forma a sua estima começará a baixar gradativamente e o pior de tudo: quando você menos perceber, você acabou se tornando uma pessoa com auto estima baixa.

Como evitar se cobrar de mais

auto estima

Uma pessoa que se cobra muito, pode chegar a lugares incríveis e alcançar metas extremamente difíceis de serem alcançadas.

Então se olharmos por um outro ângulo, essa cobrança não é algo tão prejudicial.

Mas quando ela se torna excessiva, e ela acaba se tornando maior do que a sua capacidade de realizar as coisas, ela irá te prejudicar.

É preciso encontrar um ponto de equilíbrio, onde você se desafia a fazer algo dentro da sua própria capacidade.

E caso você deseja alcançar algo além da sua capacidade, é necessário desenvolver a capacidade antes de começar a se cobrar.

Ou seja, vá subindo um degrau por vez, focando sempre todas as suas energias no degrau que você deverá subir.

Esqueça que existe o próximo degrau, e assim você irá subindo um degrau por vez, sem pular etapas.

Aumentando a sua auto estima a cada degrau ou etapa concluída.

Dessa forma, quando você menos perceber, terá subido a escada toda, e terá chegado ao seu objetivo.

Se sentindo merecedora de tal conquista, aumentando ainda mais a  sua auto estima.

Dica 2: Não se compare com as outras pessoas

Todas suas amigas estão se casando com homens incríveis, entrando em novos relacionamentos, se formando na faculdade.

Conquistando a casa própria entre outros objetivos terrenos, que todas pessoas “normais” estão buscando por necessidade, inclusive você.

Mas quando você olha para suas conquistas, talvez elas não possam aparentar ser tão incríveis, como as das outras pessoas próximas a você.

Você sente que faz parte de uma corrida, onde tem muitas pessoas na sua frente, e que falta muito para você alcançá-las.

Isso faz com que você fique triste, com a auto estima baixa, e perca até mesmo energia e força de vontade para alcançar os seu próprios objetivos.

Esse tipo de comportamento precisa parar imediatamente antes que seja tarde demais.

Até porque em primeiro lugar, nada disso se trata de uma corrida ou alguma competição.

A partir do momento que você se compara com outra pessoa, automaticamente você já se limita a essa pessoa que você está se comparando.

Além disso, você não sabe o que pode acontecer no dia de amanhã, o mundo está em constante movimento, nada permanece como está, inclusive você.

Se tem algo na qual você deve se comparar, é a pessoa que você foi ontem, e se hoje, você consegue aprender algo novo, ou se tornar uma melhor versão de ontem.

Dica 3: Aprenda a se Perdoar

Ao olhar para trás e rever suas atitudes do passado, você perceberá muitas coisas da qual sentirá vergonha.

Em alguns casos sua mente pode entrar em uma verdadeira armadilha, e ficar se culpando por atitudes do passado e por muitos anos.

É preciso entender, nesse caso, que o passado fica lá passado, ele é imutável, e pode influenciar negativamente no seu presente, caso você não for capaz de se perdoar e esquecê-lo.

No post anterior eu havia citado o exemplo da xícara, e ele se encaixa perfeitamente aqui.

A xícara pode ser um relacionamento mau resolvido no passado, ou qualquer outra coisa que afete o seu estado emocional, e que provavelmente não terá como reparar.

Aceite e encontre a capacidade de se perdoar, evite ficar se julgando, ou então com o tempo você se tornará uma pessoa com a auto estima baixa.

No próximo post, ainda continuaremos falando sobre esse tema, ainda não terminamos.

auto estima